Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A Prática do Não Julgamento

24.03.17

Já aqui referi que faço parte de um grupo de meditação. 

Nesta última aula (e porque na próxima semana não haverá) a facilitadora resolveu passar-nos um "TPC": treinar o não julgamento!

 

Dizia ela que se considerava uma pessoa que pouco julgava os outros. No entanto, quando começou a fazer este exercício, tomou consciência do número de vezes em que julgava os outros: pelo que diziam, pelo que faziam, pela roupa ou aspecto exterior!

O desafio é tomarmos consciência desse acto de julgar e afastarmos esse julgamento da mente. 

Começando pelo auto-julgamento (que é algo que também tendemos a fazer diariamente, quantos de nós não somos os piores críticos de nós próprios?).

 

"Este hábito de categorizar e julgar as nossas experiências aprisiona-nos nas reacções mecânicas, que não são sequer conscientes e que muitas vezes não têm nenhuma base objetiva. Esses julgamentos tendem a dominar as nossas mentes, o que torna difícil encontrarmos paz dentro de nós mesmos. É como se a mente fosse um yo-yo, indo para cima e para baixo na corda dos nossos próprios julgamentos durante todo o dia. Se duvida desta descrição da sua mente, basta observar o quanto está preocupado com o gostar e o não gostar, por exemplo, durante um período de dez minutos."

Mindfulness Institute

 

Desafio aceite, ontem dei por mim em vários julgamentos, coisas simples mas que acabam por "moer" e piorar o meu estado de espírito. Um desafio, portanto.

 

Mais informações sobre o tema não julgamento 

lifestyle.sapo.pt

Dharmalog.com/

Nokomando 

 

 

 

 

publicado às 14:50

Meditação

14.02.17

Desde o inicio de 2017 que as minhas rotinas andam completamente descontroladas, ginásio 0, meditação 0.

Hoje lá consegui ir, era apenas eu e a facilitadora. (O que significou mais de 1 h de conversa fiada e uns 25 minutos de meditação efectiva!) 

Mas sabe tão bem meditar, ando mesmo a procurar canais no youtube de meditação guiada, para tentar fazer em casa (para já acho mais fácil se tiver orientação).

Vantagens: sinto que fico mais calma, mais focada. Transmite-me paz interior. Como treinamos algumas "respirações", uso-as em momentos de stress ou simplesmente para adormecer à noite. As meditações baseadas em mindfulness ajudam igualmente a prestar atenção nos pequenos detalhes, algo muito importante nesta vida agitada.

 

No site da Sociedade Portuguesa de Meditação estão elencadas 21 razões (cientificamente validadas) para praticar meditação:

Reforça a sua saúde
1 - Aumenta a função imunológica - ver em psychosomaticmedicine e sciencedirect
2 - Diminui a dor - ver em pmc
3 - Diminui a inflamação a nível celular - ver em sciencedirectsciencedirect esciencedirect
4- Melhora a saúde do seu coração - ver em Heart Health Association


Aumenta a sua felicidade
5 - Aumenta as emoções positivas - ver em psychosomaticmedicine e apa
6 - Diminui a depressão - ver em springer, thelancet e CAMH
7 - Diminui a ansiedade - ver em liebertpub e psychiatryonline e sciencedirect
8 - Diminui o stress - ver em apa e psychosomaticmedicine


Reforça a sua Vida Social
Pensa que a meditação é uma atividade solitária? Pode ser (a menos que medite num grupo), mas esta prática realmente aumenta o seu sentido de conexão com os outros:

9 - Aumenta a conexão social e inteligência emocional - ver em apa e apa
10 - Permite elevar os níveis da sua compaixão - ver em psycologicalsciencestanfordsagepub e daviddesteno
11 - Diminui o sentimento de solidão - ver em sciencedirect


Aumenta o seu Auto-Controlo
12 - Melhora a sua capacidade de regular as suas emoções - ver em stanford
13 - Melhora a sua capacidade de introspecção - ver em berkeley

Altera o seu Cérebro (para melhor)
14 - Aumenta a massa cinzenta - ver em sciencedirect
15 - Aumentos de volume em áreas relacionadas com a Regulação Emocional, Emoções Positivas e Auto-Controlo - ver em sciencedirect e psychosomaticmedicine
16 - Aumenta a espessura cortical em áreas relacionadas com a atenção - ver em ncbi


Aumenta a sua Produtividade (sim, não fazendo nada)
17 - Aumenta o seu foco e a sua atenção - ver em springeracmplosbiology esciencedirect
18 - Melhora a sua capacidade de multitarefa - ver em acm
19 - Melhora a sua memória - consultar em sciencedirect
20 - Melhora a sua capacidade de ser criativo e pensar "fora da caixa" - ver a investigação de J. Schooler (ucalifornia-sb)

21. Torna-o mais Sábio
Não no sentido intelectual, mas permite-lhe ter perspetiva: Ao observar a sua mente, percebe que não tem que ser escravo dela. Percebe que faz birras, fica mal-humorado, ciumento, feliz e triste, mas que não tem que se identificar com esses estados mentais. A meditação é simplesmente um processo de higiene mental: limpar o lixo, ajustar os seus talentos, e entrar em contato consigo mesmo. Pense nisso, toma banho todos os dias para limpar o seu corpo, faz, provavelmente, algum tipo de atividade física, mas já o que faz com a sua mente? Para além de a sobrecarregar com milhares de estímulos diariamente?

Como consequência da prática meditativa vai sentir-se mais calmo, sereno, com a forte possibilidade de ver as coisas com maior perspetiva. "A qualidade da nossa vida depende da qualidade da nossa mente", escreve Sri Sri Ravi Shankar.

 

E aqui fica um pequeno vídeo, para meditar num minuto

 

publicado às 15:41

Meditação

05.01.17

Hoje foi dia de meditar. 

Estou (à cerca de 2/3 meses) num grupo de meditação. É um grupo pequeno, somos 5 mulheres e a facilitadora.

 

 

Para além da meditação, falamos um pouco sobre tudo, a maior parte das vezes de temas mundanos, mas por vezes as conversas são mais intimistas. 

Hoje senti alguma dificuldade em concentrar-me, em "fugir para o meu mundo", penso que derivado da falta deste exercício durante o último mês (Dezembro foi um mês em que não fiz exercício, dieta ou meditação). Fizemos um exercício com base em mindfulness (atenção plena), desta vez partindo da observação das nossas mãos e tomada de consciência das mesmas (ver, sentir), exercícios de respiração e o que eu chamo "viagem" (quando somos levadas para um outro local, onde deixamos as emoções negativas). 

A B. também faz meditação à sexta (há cerca de 1 mês), o J. à quarta (desde Setembro). Para já não noto grandes resultados (se bem que a B. melhorou as notas nos últimos testes e a meditação pode ter dado uma ajuda - pelo menos a ideia é melhorar a concentração). 

Meditar é para continuar, pelo menos até ao Verão!

publicado às 16:09





calendário

Agosto 2017

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


1livropormês


Posts mais comentados


Destralhar